Pensando a fotografia do seu casamento

Atualizado: 9 de jul. de 2021



O grande dia envolve muitos fatores e serviços que são indispensáveis e de grande importância. Mas podemos dizer que a fotografia, assim como a filmagem, vai além. Elas ficam!

Vamos analisar alguns pontos importantes desse processo para te ajudar a "pensar" a fotografia do seu casamento. Sim! Vamos pensar juntos!



Buscando o fotógrafo

Nesse primeiro passo deve-se analisar o perfil do profissional. E quando falo em perfil, não estou dizendo somente daquelas fotos bonitas no Instagram ou no site. É preciso ter um primeiro contato com a pessoa que está por detrás da câmera e sentir se ele ou ela, está disposto(a) a embarcar neste sonho com vocês.

Um bom profissional de fotografia de casamento é aquele que está atento aos detalhes e se preocupa primeiro em entender um pouco da jornada e expectativa que o casal está vivendo. Por isso, é compreensível que assim que você entre em contato com o fotógrafo pela primeira vez, ele queira saber mais sobre você e seu(sua) noivo(a).

Dê também uma olhada nas redes sociais e veja o que os clientes estão dizendo a respeito.


Orçamento

Como mencionei acima, não se preocupe em receber um orçamento sem antes o fotógrafo entender um pouco sobre o perfil de vocês. Isso mostra que ele(a) não está somente interessado(a) em fechar um contrato. Entenda este momento como a oportunidade de você também estudar o perfil deste profissional.

Quanto aos valores, não é preciso ressaltar que os bons 'cobram bem'. Mas isso não quer dizer que você não vai achar um bom ou ótimo fotógrafo caso seu orçamento esteja apertado. É possível sim, encontrar alguém com muita qualidade e que tenha algum pacote pensado ou mesmo personalizado pra você.


Selecionando o pacote

Também correlacionado ao tema anterior, a escolha deve ser feita analisando o seu perfil de interesse, alinhando com o orçamento recebido.

Aqui os noivos precisam definir o que é essencial e indispensável, levando-se sempre em conta que este momento irá decidir o que será eternizado para ambos.


Faça uma reunião!

A reunião é o encontro dos mundos!

Pode ser feita presencialmente ou online. Encontre na sua agenda ( ideal a presença do casal ) um momento dedicado e separado para conhecer melhor a pessoa que irá registrar um dos mais importantes dias da sua vida. Faça antes, uma lista de perguntas para sanar qualquer dúvida. É normal o fotógrafo já ter em mãos ou 'de cabeça', um briefing para melhor conduzir a conversa.

Uma boa dica é fazer uma breve seleção de fotos de seu gosto. Isso tamém ajuda o profissional a pensar o registro com a personalidade do casal.


Fechamento e contrato

Agora que você já encontrou a pessoa ideal para o seu registro, atente-se às cláusulas contratuais e condições. Outra dica aqui: Peça a sua cerimonialista ou algum advogado amigo para dar uma olhadinha antes de assinar.

É comum acontecerem mudanças durante o tempo em que se fechou o contrato e o dia do casamento. E se depois de assinado o mesmo, ainda surgir interesse em modificações (ex: mudança de data e horários, retirar ou adicionar algum item do pacote), converse com seu fotógrafo para ver a possibilidade de um aditivo contratual.




Detalhes que fazem a diferença

Com as dicas do fotógrafo e de outros fornecedores, construa uma pré-imagem do seu casamento. Aproveite este tempo até chegar a data e pense sobre o local da cerimônia e festa. Onde as fotos serão feitas?!


Uma atenção aqui para os arranjos e arcos na cerimônia. Não basta ser bonito, tem que ser funcional!

Profissionais de fotografia e vídeo precisam de bons ângulos para obterem bons registros. Numa cerimônia católica, por exemplo, não se pode subir no altar. Se existe um arranjo de flores alto, bem do lado dos noivos e encostado no altar, pode prejudicar o melhor angulo.


Para as fotos posadas o espaço é crucial!

Normalmente são feitas no local mais bonito escolhido pelos noivos. Mesa de doces, próximo ao altar, local da cênica...

Atente-se que o profissional de fotografia precisa de um bom espaço para conseguir fazer as fotos que contém mais pessoas (como a dos padrinhos e madrinhas). Tem que caber todo mundo, sem sufocar. Um local mais apertado, pode causar aglomeração dos convidados e da fila organizada, dificultando também, o trabalho da cerimonialista.

Dica: Converse com o pessoal da decoração e tente afastar ao máximo as mesas dos convidados, deste local.




Se um tipo de foto posada é muito importante pra você, lembre-se de passar para seu fotógrafo e cerimonialista. Eles farão de tudo para reproduzi-la!


Se você é do tipo que não quer perder um bom tempo tirando fotos, existem maneiras de organizar isso com a cerimonialista, principalmente nas fotos dos padrinhos, fazendo de dois em dois casais ou mesmo foto inteira.

Os convidados estão ali porque gostam de vocês, então, naturalmente se aproximarão durante a festa e o registro pode ser feito neste momento.



O grande dia

Em fim vocês chagaram no dia principal e é comum o nervosismo e preocupações. Mas lembre-se que vocês contrataram especialistas em cada área para fazer tudo acontecer.

Por isso, fique tranquilo(a) e aproveite ao máximo o seu dia!



Se entregue na cerimônia!

Entre com semblante positivo, sem olhar para a câmera, apenas curta o momento. Pode interagir com os convidados, sorrindo, olhe para seu(sua) noivo(a), como ele(a) está lindo(a)! Como vocês esperaram por este momento...


Troca de olhares e carinho durante a cerimônia. O corpo fala!

O momento dos votos costuma ser o mais expressivo. É quando os noivos se conectam. Isso ajuda num registro mais vivo e real.


Momento do beijo. A única coisa rápida aqui é o disparo do flash. Então, lembre-se que tem alguém registrando este momento. Não precisa ser algo demorado, mas se for muito rápido pode prejudicar o registro. Em tudo, aproveite! 😉


Como expliquei sobre as fotos posadas no tópico anterior, vamos à festa!

Os noivos são o centro das atenções e também podem ser maestros do grande evento.

Se gosta de música e contratou banda ou DJ, interaja! Os convidados tendem a curtir mais a festa junto com os noivos. Estes momentos são mais espontâneos e com certeza rendem boas imagens!




______________________________________________________________________


Perguntas frequentes


  • Gostei de alguns fotógrafos, qual escolho?

Essa decisão é realmente muito pessoal. Mas um grande fator de desempate é realmente a atenção que lhe foi dada. Note se o profissional se colocou à disposição para ajudar com qualquer dúvida e mesmo passar algumas dicas. Outro fator de peso é a indicação. Bons profissionais tendem a ser indicados, por amigos, parentes ou mesmo outros profissionais do ramo como cerimonialista ou outro fotógrafo que não teve a sua data disponível. Com certeza, isso deve ser considerado.


  • Onde e quando fazer os ensaios?

A locação dos ensaios, seja pré ou pós, conta muito. O ideal é que seja num local bonito e seguro. O casal deve definir isso com base em alguns fatores: Tipo de local que se encaixa no seu perfil (com mais verde, praia, históricos, ruinas, urbano...), época do ano.

Em média cada ensaio dura cerca de 2 horas. Os horários e clima local também influenciam. Tudo irá depender da proposta e do resultado que os noivos estão buscando.


O ensaio pré é indicado fazer com pelo menos dois meses antes do casamento, tempo

suficiente para o fotógrafo entregar as fotos editadas. Assim, os noivos podem aproveitar para posta-las nas redes sociais, imprimir, fazer um quadro, álbum ou mesmo exibir durante a festa. Use roupas confortáveis de acordo com o local e clima. Evite estampas e listras. O básico sempre vai bem. Respeite o seu estilo!

Na dúvida, não hesite em pedir indicação ao profissional.

Se deseja fazer o pós e vai viajar depois do casamento, combine bem com o fotógrafo.

Como as roupas do pós são as mesmas da cerimônia, isso indica que será bem diferente do ensaio pré, com um 'ar' mais romântico e clássico. Mas isso não significa que não possa ser criativo.


  • Posso fazer o álbum depois?

Pode sim!

Hoje em dia é cada vez mais comum, visto que o custo de um casamento é cada vez maior. Mas sinto-me na obrigação de dizer que a grande maioria dos casais que assim desejam, não fazem. Isso acontece pois o momento em que os noivos focam e se dedicam no casamento, é realmente até a entrega de todos os serviços. Depois disso a vida segue e as coisas relacionadas ao casamento acabam sendo um pouco deixadas.


Dica: caso esteja em dúvida sobre o álbum e orçamento final. Você pode contatar um pacote sem álbum, acertando o valor do total até a data do casamento.

Isso te deixara mais confortável para decidir, pois quando o serviço das fotos for entregue, já estará tudo pago. E se tiver alguma reserva poderá investir no álbum que, mesmo com avanço da tecnologia e aplicativos, ainda é o melhor contador de histórias.




Conclusões


Vimos como bons profissionais, alinhados e interessados em entender o seu perfil, podem fazer toda a diferença. Assim como a preparação para cada etapa deste processo. Basta saber como você idealisa e a importância que dá a cada detalhe do seu grande dia.


Posso dizer que obtive essas infromações com anos de experiência, entendendo as dores de cada cliente-amigo.

Espero que este conteúdo tenha sido relevante pra você.

Qualquer dúvida pode me chamar no whatsapp que terei prazer em te ajudar.

Que Deus abençoe vocês nessa jornada!! 🙏


E lembre-se...

O casamento é o capítulo de uma história que rende um livro.




Caio Soares Fotógrafo de Casamentos e Família

Email: falecomafeeling@gmail.com

Insta: @feelingfotografia.br

Whatsapp: 27 99803-9300



82 visualizações
whatsfeeling.png
instafeeling.png
facefeeling.png